sexta-feira, 22 de abril de 2016

Teria sido Bernardo Uglione Boldrini enterrado vivo?


UMA DÚVIDA QUE CORRÓI A MENTE E O CORAÇÃO DE TODAS AS PESSOAS QUE SE ENVOLVERAM NA CAUSA DO MENINO BERNARDO UGLIONE BOLDRINI: TERIA SIDO ELE ENTERRADO VIVO?


Reprodução: arquivo pessoal

Transcrição de um texto coletado do Facebook Bernardo Uglione Uglione Boldrini - Justiça. Escrito por Erislei Mmc. Acesso em 22/04/2016.

Entre tantas mentiras de uma pessoa, podemos observar de forma detalhada e atenciosa AS VERDADES escondidas, encobertas pela pessoa mentirosa. Edelvânia disse que Bernardo teve que SE AJUSTAR para caber no buraco, disse também NÃO PODER AFIRMAR que Bernardo estava vivo ou morto antes de ser enterrado (mesmo tendo as duas despido o Bernardo antes de enterrá-lo). 

Vejam bem, quando a gente tira uma roupa de uma criança, manipulando o corpo não seria possível perceber presenças de sinais vitais? Isso demonstra que ela sabe que Bernardo ainda encontrava-se vivo.

Em qualquer pesquisa pelo Google podemos checar que o remédio MIDAZOLAM injetável “ O objetivo principal do manejo farmacológico é a tranquilização rápida, buscando a redução dos sintomas de agitação e agressividade, sem a indução de sedação profunda ou prolongada, mantendo-se o paciente tranquilo, mas completa ou parcialmente responsivo ”.

Isso significa que o paciente (ou vítima) é induzido a ficar quieto e obediente, “COMPLETA OU PARCIALMENTE RESPONSIVO” pode nos indicar que Bernardo teve condições de obedecer ordens da duas como: levantar do chão com a ajuda de Gracielle e Edelvânia, andar e se AJEITAR na cova. 

Depois disso, receber os acessórios das criminosas: soda, sacos de lixo e pedrada para que não tivesse chance de sair da cova. Talvez por se acharem tão sensíveis, e por fazer parte do acordo em ter a ajuda de Edelvânia, preferiram enterrar Bernardo vivo a ter que ver sangue. Seria por isso também a pedrada por cima do saco plástico?

“A COVA EU FIZ... E NA HORA ELE TEVE QUE SE AJUSTAR LÁ DENTRO. FOI MEIO PEQUENA AINDA, MAS ELE COUBE LÁ”. Sinto-me em tristeza profunda imaginando nosso querido dopado e se ajeitando para caber na cova...(Erislei Mmc)


OBSERVAÇÃO: Querido(a) Erislei, é justamente por contas dessas e mais dúvidas que nos empenhamos na Justiça por Bernardo Uglione Boldrini. Apesar de que a madrasta enfermeira assassina sabia como executar o menino, afinal tinha também um médico fazendo parte da trama. É uma pena que não tenha sido acrescentado aos criminosos mais uma qualificadora por tortura, porque isso, nós acreditamos que aconteceu: longe de quem lhe pudesse acudir, esse menino teve ter vivido o seu pior pesadelo!

JUSTIÇA PARA ODILAINE E BERNARDO UGLIONE BOLDRINI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário